A Quem Ama

 

  

Hoje quero falar para os apaixonados.
Quero dizer que coração de um homem nas mãos
de uma mulher que sabe amar
é como um ribeiro serpenteando por
verdejantes e calmas campinas,
e passando incólume pelas margens
nem sempre tão bonitas.



Puxa, como gosto de comparar o amor com um rio.

Cecília Meireles a nos dizer que...
"somos como um rio que flui e deflui...",
às vezes enfrenta correntezas, 
desaba algumas vezes em quedas d'água;
mas, de contrapartida em outras,
é calmo como um espelho.



Por vezes seu leito é profundo, por vezes espraiado.
Mas uma coisa é sempre constante,
ele não pára jamais pelo meio do caminho.

Sua meta é seguir em frente, custe o que custar,
doa a quem doer...se parar, cria limbo...
são como pedras que não rolam...



Sua meta de chegada é o mar... aquele marzão lindo,
que o aceita e o acolhe sem restrições!

A gente nunca mergulha duas vezes no mesmo rio.
Ele é sempre outro, mesmo que voltemos à
mesma ponte...
Outra é a água... Outros somos nós!
Quem não entende essa mudança,
perde-se pelo meio do caminho.

Ercília Ferraz de Arruda Pollice

 

 

Recomende a Página

Clique na imagem e envie

para alguém especial

 

Voltar para o Menu Mensagens - Reflexão

Voltar para a Página Principal

 

Designer : Tiça